HISTÓRIA DA SAUNA A VAPOR

Assim como a Sauna Finlandesa, o Banho Turco também surgiu antes de Cristo. Os grandes mercadores da Turquia tinham que percorrer grandes distâncias atravessando terras áridas e desertos. Ao final de cada viagem os integrantes das caravanas se encontravam exaustos, tinham a pele ressecada e os poros completamente entupidos pela poeira, muitos inclusive adoeciam frequentemente com problemas respiratórios causados pelas impurezas do ar.

Os médicos da época encontraram então, um modo para desobstruir os poros, os pulmões, as vias respiratórias e, ao mesmo tempo, hidratar todo o corpo. Desta forma surgiam os primeiros balneários ou termas.

Eles eram totalmente construídos em mármore, tinham tetos côncavos e abrigavam enormes caldeirões de bronze cheios de água que produziam grande quantidade de vapor quando aquecidos pelo fogo. A formidável solução ganhou vulto e espalhou-se pelas civilizações Armênia e árabe, chegando até ao Império Romano e a Grécia, agradando sheiks, príncipes e imperadores. Com o passar dos anos, massagistas foram admitidos para auxiliarem no relaxamento muscular.

O Banho Turco evoluiu e hoje consta inclusive em receituários médicos.

ESTRUTURA DE UMA SAUNA A VAPOR

COMO É A CONSTRUÇÃO DE UMA SAUNA

1) A Sauna a vapor é importante que se faça o isolamento térmico com vermiculita. Esse material é um mineral com propriedades térmicas e acústicas. Após a colocação da lage, reboque todas as paredes e teto com uma massa de cimento e vermiculita na seguinte proporção: 5 latas de vermiculita para 2 de cimento. Adicione agua até dar liga, faça um reboco com 2,50 cm a 3,00 cm de espessura, deixe secar por completo (2 a 3 dias), e só depois dê o acabamento escolhido.
2) O teto da sauna a vapor deve ter uma inclinação igaul a 10% do seu prolongamento. Ex:prolongamento de 2.00m, inclinação igual a 20cm. Essa inclinação é fundamental, pois quando o vapor condensar surgirão gotículas d’agua no teto. Com a inclinação essas gotículas vão escorrer para a extremidade mais baixa do teto e não cairão sobe a cabeça das pessoas.
3) As paredes da sauna a vapor podem ser revestidas com azulejos,mármore,etc. Já para o piso utilize matérias anti-derrapantes:borracha ardósia, pedra mineira, cerâmica texturada,etc...
4) Não esqueça de prever o ralo no interior do ambiente e outro próximo ao aparelho.É importante deixar um ponto de água para alimentar o equipamento.
5) Para iluminação do recinto utilize luminárias blindadas e instale o interruptor fora do ambiente.
6) A porta deve ser impermeável, térmica, possuir visor transparente e sempre abrir para o lado de fora do ambiente.

dicas e curiosidades | Serviços de instalação | Sauna Seca | Sauna a vapor | Acessórios | Contatos